Profissionais de Tecnologia » Post 'Tecnologia: avanços e retrocessos'

Tecnologia: avanços e retrocessos

Nos tempos de acesso a internet via conexão discada havia a preocupação de se otimizar um site para ser visto confortavelmente. Com a evolução do acesso em banda larga, muitas aplicações para a internet tornaram-se viáveis, mas se perdeu a idéia de “usuário mínimo” para alguns sites. Os motivos são vários: muitos profissionais de internet que aprenderam o ofício até certo ponto, clientes que demandam soluções tecnicamente erradas, miopia profissional… O fato é que, cada vez mais há sites que só funcionam em um tipo de navegador (Internet Explorer ou Mozilla-compatíveis*) ou ignoram acesso de banda estreita (computadors de mão e acesso 3G “populares”, p.ex.)

Acessando um site que oferece ferramenta de CMS (gerenciamento de conteído) para construção de sites comecei a perceber que esse fenômeno é um reflexo da evolução da tecnologia:  os sites ali desenvolvidos já são, por padrão, para monitores panorâmicos (wide-screen), embora se possa personalizar esse tamanho.  Como é feito em Flash, não  há opção de “acesso rápido”, seja ocultando imagens ou escolhendo versão mais leve do mesmo site.

O projetista do site aposta na idéia de que, com a evolução do acesso de banda larga, em breve todos os clientes em potencial irão poder acessar o site sem problemas. Mais ou menos como ocorreu com os computadores de mesa: hoje é padrão do mercado que o “computador mínimo” vendido no comércio garante se poder assistir o YouTube, ou rodar jogos em rede local ou internet. Isso infelizmente não é regra para o mercado de acesso a internet, daí ser necessário que o projetista de internet (webdesigner?) crie alternativas para “usuários modestos”.

Nota(s):
(*) Até essa definição está caindo por terra, uma vez que, o código aberto dos “navegadores-Mozilla” abre espaço para que navegadores sejam desenvolvidos dentro de diretrizes imcompatíveis com o navegador-padrão (no caso, o Mozilla Firefox). Recentemente descobrí que o Google Chrome trata alguns erros de Javascript do mesmo modo que o Internet Explorer.

Wallace Vianna é designer e trabalha com desenvolvimento web e SOHO.
Tags:, ,

Deixe um comentário

Faça Login para deixar um comentário »

© 2008 Profissionais de Tecnologia is powered by WordPress