Profissionais de Tecnologia » Post 'Tudo o que merece ser feito, merece ser bem feito'

Tudo o que merece ser feito, merece ser bem feito

“””Tudo o que merece ser feito, merece ser bem feito.”” Cecília Merireles.

Essa é uma das frases feitas que nortearam e continuam norteando a minha vida e minha carreira profissional. E isso, posso garantir, fez toda a diferença do mundo.” Você indicaria para a empresa em que você trabalha um amigo, parente, conhecido, colega de trabalho, cuja postura profissional e qualidade do serviço sejam duvidosas?

Quando estava na faculdade, o professor de banco de dados (PL/SQL) aplicou uma prova. Ele nos deu um cenário, um modelo de dados e várias questões a serem respondidas. Criou uma base de dados para cada aluno e fomos para o laboratório fazer a prova.

Uma das questões era informar o valor total de vendas.

Select sum(valor_total) from tb_pedidos

Esse era o comando. Mais simples impossível.

Vamos supor que o valor total era 1.000.000,00.

A questão valia 1,0, eu tirei 1,0.

Um colega achou o mesmo valor: 1.000.000,00. Porém sua nota foi 0,5.

Ele havia achado o mesmo valor que eu, porém sua solução foi um tanto mais complexa. Ele criou uma variável totalizadora, depois fez um cursor e percorreu cada registro da tabela totalizando o valor das vendas.

O professor, questionado, disse a ele, que ainda que ele tivesse chegado à mesma informação, sua solução não era a melhor, longe disso, tinha um custo alto para a base de dados. Imagine se eu tivesse bilhões de registros nessa base de dados?

O papel do desenvolvedor de sistemas não é só dar a informação correta. Isso é obrigação. Mas é preciso sempre dar a melhor solução, a mais eficiente e a que consome menos recursos. Não estou aqui também falando para fazer aqueles códigos malucos, que ninguém entende, sem comentários. A manutenabilidade do software é um dos pilares da Engenharia de Software.

Como todos já devem ter ouvido falar, é preciso escrever código para os outros.

Uma vez ouvi um analista falar sobre um programador seu. “Ele é tão bom, mas tão bom, que só ele consegue entender o código que ele faz. O cara é fera”

Fala sério. Alguém em sã consciência contrataria um cara desses? Você se arriscaria a ter um programa feito por esse cara, ser deixado na mão e depois ter que mexer nele? Nem pensar.

Para que um trabalho seja feito com o devido padrão de qualidade, é preciso que o desenvolvedor comece a fazê-lo do jeito certo, esse negócio de depois eu faço a documentação do programa é conversa pra boi dormir. Depois de pronto, a documentação é sempre deixada pra lá. Mesmo que algum desenvolvedor se prontifique a voltar ao código para documentá-lo, as idéias já não estão mais frescas. Certamente ficará a desejar.

Em outro artigo postado no site Profissionais de Tecnologia intitulado a arte que ninguém vê, escrevi que as vezes fazemos mágica para dar uma solução que para o usuário tenha o que pediu, e que nem sempre será dado o devido valor a essa solução, mas não é porque “ninguém irá ver” que podemos fazer qualquer coisa.

Saber utilizar o melhor das ferramentas, simplificar a solução, performance, legibilidade do código, documentação, otimizar o algoritmo é obrigação de qualquer desenvolvedor que queria ser considerado Top de linha, que quer ter o seu nome lembrando sempre que alguém pensar em sistemas. Lembrem-se também que um dia, você irá embora, quem chegar irá ver o que você fez.

Qual reação você deseja que essa pessoa tenha ao ver o seu código?

Nossa, que coisa horrível !

Nossa, que código bem feito. Dar manutenção aqui vai ser mole.

Pensem nisso.

Abraços.

Alexandre Soares Campos
alexandrescampos@gmail.com

Deixe um comentário

Faça Login para deixar um comentário »

© 2008 Profissionais de Tecnologia is powered by WordPress